Quarto & Sala

<



>

valentina jaskow

Fotos: Gabriel Valdivieso

Texto: Gabriel Valdivieso

uma onda personalíssima toma de assalto o quarto & sala. nessas, não é possível negar que todo o repertório jaskow mac nicol me é familíar, muito familiar. aos 12 anos de idade costumava atravessar o bairro, samantha na coleira, para visitar minha melhor amiga, vizinha de carteira escolar, elizabeth. já naquela época tropeçava pelas calçadas, olhos vidrados nas casas do bairro, nas flores das árvores mais altas, nos costumes e na rotina da vida de uma tarde, maravilhosa como só à tarde os costumes e a rotina podem ser.

as visitas eram pontuadas por encenações. beth e eu tirávamos proveito do cenário criado por sua mãe (e antiquária) valha, para sermos napoleão e maria antonieta, entre capas e vestidos improvisados. outras vezes éramos banda de rock, tocávamos qualquer coisa, qualquer objeto que estivesse ao nosso alcance. também costumávamos espantar o mendigo que morava escondido no arbusto do jardim com esguichadas fortes e precisas. o nome dele era “inquilino”, sighs, … dávamos nomes aos personagens das pinturas das paredes. um deles, o pianista, era ao nosso ver herson capri. sem comentários.

crescemos e mudamos. de casa e de pensamentos. valha, valentina jaskow, alheia a mediocridade da ação do tempo (uma das mulheres mais lindas e elegantes que eu conheço), é que é o real objeto de estudo deste ensaio. mudou-se do casarão e levou consigo o que era na sua coleção o mais leve e precioso. a estampa dos sofás e os arranjos de objetos dourados, toda a influência que sua a vida lhe deu de presente. xadrêzes, porcelanas, seus mais de mil títulos sobre a ciência do antiquariato. tudo é tão seu e despretensiosamente ignora modas e costumes regurgitados por revistas e publicações contemporâneas. esta é a casa de valentina! mas ainda é também da elizabeth, da tatiana e do pawel. e ainda dos netos e seus sorrisos nos porta-retatos. e por fim também do ALF, ETeimoso de pelúcia , eterno preguiçoso, sempre a roncar.

este post é mais um afetivo. mas q&s (e eu) não dá (damos) damos ponto sem nó. além de afetivo é redondo, impecável, repleto de história e personalidade. é um post leve e com cor de pôr- do-sol, porque sempre achei que valentina combinava com a luz dessa hora da tarde…


NEWSLETTER

CADASTRE SEU EMAIL PARA RECEBER AS ATUALIZAÇÕES DO QUARTO&SALA

QUARTO & SALA
Todos os direitos reservados
® Copyrights 2009
Made with Cherry Flavour